Terça-Feira, 07 de Dezembro de 2021 - 09:51:37    Oferecimento Mato Grosso em Destaque
Facebook Mato Grosso em Destaque Instagram Mato Grosso em Destaque Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque WhatsApp Mato Grosso em Destaque
Mato Grosso em Destaque


Data: 24/03/2021 - 08:39 - Por: Olhar Direto

Max Russi descarta decreto por lockdown mas crê em possível determinação judicial

Segundo Max, o governador deve seguir o entendimento da Assembleia, tanto que o próprio líder do governo na ALMT, Dilmar Dal Bosco (DEM), e o vice-líder Wilson Santos (PSDB) votaram contra o projeto de antecipação de feriados


Após os parlamentares rejeitarem projeto de antecipação de feriados, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado estadual Max Russi (PSB), afirmou que não acredita que o governador Mauro Mendes (DEM) vá emitir decreto com lockdown, mas não descartou uma possível determinação judicial com medidas mais restritivas como forma de frear o avanço do novo coronavírus (Covid-19).
 

Segundo Max, o governador deve seguir o entendimento da Assembleia, tanto que o próprio líder do governo na ALMT, Dilmar Dal Bosco (DEM), e o vice-líder Wilson Santos (PSDB) votaram contra o projeto de antecipação de feriados.

“Acredito que talvez possa haver alguma medida judicial. Eu particularmente não descartaria nenhuma decisão nesse sentido. E decisão judicial não se discute, se cumpre”, afirmou o presidente, logo após as sessões desta terça-feira (23).

Russi afirmou que os deputados foram contra o projeto do governo por acreditarem que a antecipação de feriados só causaria mais aglomerações, eventos e, como consequência, mais casos de Covid-19.

A AL, por outro lado, aprovou o PL que prevê penas mais duras a quem descumprir as medidas de biossegurança. “Foi votado favorável porque os deputados entendem que tem que aumentar a punição daqueles que não cumprem as medidas de biossegurança. Aqueles que estão fazendo festas em condomínios, nas chácaras, aglomerando. Então foi aumentado a punição daquele empresário que não cumprir com o isolamento, aquele bom empresário foi valorizado, mas aquele que não cumprir, que aglomerar no seu estabelecimento, terá o dobro da multa e persistindo em aglomeração ele terá suspenso seu alvará”, explicou.


Curta Nossa Página no Facebook:





Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Max Russi descarta decreto por lockdown mas crê em possível determinação judicial

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM SEUS AMIGOS




Mato Grosso em Destaque | Portal de Notícias de Mato Grosso - Todos os direitos reservados.

Facebook Mato Grosso em Destaque    Instagram Mato Grosso em Destaque    Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque    WhatsApp Mato Grosso em Destaque

E-Mail: reportagem@matogrossoemdestaque.com.br


Política de Privacidade | Termos de Uso