Terça-Feira, 07 de Dezembro de 2021 - 09:10:05    Oferecimento Mato Grosso em Destaque
Facebook Mato Grosso em Destaque Instagram Mato Grosso em Destaque Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque WhatsApp Mato Grosso em Destaque
Mato Grosso em Destaque


Data: 23/03/2021 - 13:31 - Por: Gazeta Digital

Ministério da Saúde alerta para risco de falta de oxigênio em MT e 5 Estados

O alerta foi feito em reunião com representantes da empresa White Martins e o Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia de Covi-19 (Giac)


O Ministério da Saúde informou que situação de Mato Grosso é preocupante quanto ao risco de falta de oxigênio nos hospitais que atendem pacientes covid-19. O alerta foi feito em reunião com representantes da empresa White Martins e o Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia de Covi-19 (Giac), na sede do Ministério Público Federal (MPF), em Brasília, na segunda-feira (22).

A reunião foi para tratar medidas e evitar que outros estados fiquem sem o produto, a semelhança do que ocorreu no Amazonas, no começo do ano. A empresa alega que a demanda pelo gás aumentou 300% em alguns locais e também há a dificuldade de logística.


O general Ridauto Fernandes, diretor de Logística do Ministério da Saúde, explicou as medidas adotadas pela pasta para evitar o desabastecimento. Ele alertou que a situação é mais preocupantes em 6 estados: Acre, Rondônia, Mato Grosso, Amapá, Ceará e Rio Grande do Norte. A situação nesses locais está sendo monitorada pelo Ministério.


No encontro, o militar o diretor informou que estão em curso tratativas para aumentar a produção de cilindros e para instalar concentradores de oxigênio em diversos locais, que funcionarão de forma similar às miniusinas produtoras do insumo. Estados em situação mais grave, como Acre e Rondonônis, estão recebendo o produto por meio de aeronaves da Força Aérea.


Na semana passada, cidades de Mato Grosso sofreram com a falta de gás. A dificuldade é quanto à logística, visto que os cilindros são abastecidos em outros municípios e não há recipientes reserva para suprir a demanda, enquanto o outro é cheio.


Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES), informou que está ciente da possibilidade da falta do produto e tem tomado as providências para que a situação não ocorra.


“Entre as medidas adotadas estão os aditivos contratuais, aumento de reservatórios e diálogo com fornecedor sobre logística”, diz trecho do comunicado, que garantia produto suficiente para a demanda.


Outro trecho do comunicado diz que “nos últimos 3 dias, dois distribuidores privados de oxigênio, que atendem à aproximadamente 50 municípios, alertaram para a dificuldade de logística, pois o abastecimento das cargas era realizado na cidade de Cubatão, em São Paulo, e foi transferido para o Rio de Janeiro. O fato está causando um tempo maior de transporte e, com isso, risco de desabastecimento. Neste momento não existem veículos disponíveis no país para ampliação da frota”. O problema foi levado ao Ministério da Saúde e discutido na reunião com o MPF.


As decisões tomadas no encontro serão discutidas com os membros do Ministério Público de cada estado e o Judiciário para que decisões sejam alinhadas. A reunião ocorre ainda essa semana.


Curta Nossa Página no Facebook:





Comentários: ( 1 ) cadastrados.
Por: Laerte Ferreira
Cuiabá
Só agora que o Desgoverno Federal viu isso.
23/03/2021 14:49:09

Faça o comentário para a noticia: Ministério da Saúde alerta para risco de falta de oxigênio em MT e 5 Estados

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM SEUS AMIGOS




Mato Grosso em Destaque | Portal de Notícias de Mato Grosso - Todos os direitos reservados.

Facebook Mato Grosso em Destaque    Instagram Mato Grosso em Destaque    Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque    WhatsApp Mato Grosso em Destaque

E-Mail: reportagem@matogrossoemdestaque.com.br


Política de Privacidade | Termos de Uso