Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 00:07:35    Oferecimento Mato Grosso em Destaque
Facebook Mato Grosso em Destaque Instagram Mato Grosso em Destaque Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque WhatsApp Mato Grosso em Destaque
Mato Grosso em Destaque


Data: 19/03/2021 - 14:44 - Por: Olhar Direto

Novos vídeos de confusão entre servidor do MP e vizinha mostram crianças chorando e cabelo arrancado

Nas novas imagens, Tatiane mostra uma parte do cabelo dela caído no chão. “Olha aqui, não me agrediu? Porteiro, faz favor aqui


Novos vídeos da confusão entre Eduardo Maximiliano Queiroz de Souza, servidor do Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) e sua vizinha, identificada apenas como Tatiane, por conta do barulho de crianças no Condomínio Maison Eldorado, mostram que parte do cabelo da mulher teria sido arrancado durante a briga entre os dois. Além disto, as filhas dela também aparecem chorando, dizendo terem sido xingadas pelo homem.

Nas novas imagens, Tatiane mostra uma parte do cabelo dela caído no chão. “Olha aqui, não me agrediu? Porteiro, faz favor aqui. É meu cabelo, senhora. É meu cabelo que estava aqui no chão porque ele arrancou e meu óculos está caído”.


 
No mesmo vídeo, o servidor – enquanto fala ao celular – volta a negar que tenha agredido a mulher e diz que apenas a empurrou.
 
As crianças, que teriam motivado a discussão, são mostradas em outro vídeo sentadas e chorando. “Já passou filha, está tudo bem. A mamãe já chamou a polícia e ela vai resolver”, diz Tatiane para a menor.

Logo em seguida, a menina volta a chorar e diz “aquele homem chamou a gente de porra. Sabe o que ele disse? Ele disse assim: fica quieta suas porra”.


 
Outro detalhe, que havia passado despercebido no primeiro vídeo, é que parte do cabelo da mulher fica preso na mão do homem.
 
Versão de Tatiane

Em sua versão, mostrada no vídeo, Tatiane diz ao servidor que foi na portaria perguntar quem estava xingando as crianças, enquanto que Eduardo responde: “Sou eu” e se identifica com o nome completo, tirando uma foto dela logo em seguida.


 

Na sequência da conversa, o servidor público então diz para Tatiane que “como mãe, deveria dar educação para seus filhos, para não atrapalhar a vida dos outros”. Ela então retruca e questiona se ele sabe que horas são. Em resposta, o homem afirma que não importa o horário, já que está havendo incômodo por parte dos menores, que estariam supostamente gritando pelo prédio.
 
Tatiane então questiona o servidor: “Você está bem ou está drogado?”. Eduardo então parece se indignar com a perguntar da mulher e após ela dizer que ele está “tremendo e alterado” ele diz que é de “ódio”.
 
Quando a câmera não está focada no servidor, Tatiane afirma que foi agredida por ele. Nas imagens seguintes, a mãe dele tenta segurá-lo e o chama pelo nome. Aos gritos, a vizinha pede por ajuda: “Moço, ele está me batendo. Ele está me batendo. Ele está me batendo”, enquanto ele nega.

A mulher então acusa a mãe do servidor de xingar as crianças do prédio, sendo que ela nega. Eduardo então novamente se aproxima e diz que não xingou os menores: “Fui lá e falei para ficarem quietos”. No fim, ela pede que a Polícia Militar seja acionada e afirma: “O senhor me agrediu”.
 
Versão do servidor
 
O servidor procurou a delegacia de Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrências relatando o seu lado do ocorrido. Segundo Eduardo, no dia do fato, ele estava em casa, quando se irritou com as crianças gritando no primeiro andar, sendo que mandou que parassem.
 
O servidor ainda pontua que, quando voltou para o apartamento de sua mãe, ela disse Tatiane estava filmando-a. Os dois então desceram para saber o motivo, porém, houve uma discussão, sendo que ela perguntou se ele estaria drogado.
 
Eduardo confirma ter empurrado a vizinha, mas diz que não a agrediu. Ele ainda acrescenta que Tatiane acusa injustamente sua mãe de ter jogado água nas crianças e também de tê-las xingado.


Curta Nossa Página no Facebook:





Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Novos vídeos de confusão entre servidor do MP e vizinha mostram crianças chorando e cabelo arrancado

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM SEUS AMIGOS




Mato Grosso em Destaque | Portal de Notícias de Mato Grosso - Todos os direitos reservados.

Facebook Mato Grosso em Destaque    Instagram Mato Grosso em Destaque    Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque    WhatsApp Mato Grosso em Destaque

E-Mail: reportagem@matogrossoemdestaque.com.br


Política de Privacidade | Termos de Uso