Domingo, 05 de Dezembro de 2021 - 01:43:51    Oferecimento Mato Grosso em Destaque
Facebook Mato Grosso em Destaque Instagram Mato Grosso em Destaque Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque WhatsApp Mato Grosso em Destaque
Mato Grosso em Destaque


Data: 19/03/2021 - 12:17 - Por: Gazeta Digital

Sem melhora na pandemia após decreto, Mauro não descarta medidas mais duras

"O decreto foi prorrogado hoje nas mesmas bases em que o editamos há 15 dias. Nós não temos até o presente momento nenhuma mudança no cenário epidemiológico positivamente para que possamos diminuir aquilo que estabelecemos há 15 dias",


O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que ainda não foi possível verificar um recuo da pandemia da covid-19 em Mato Grosso mesmo após execução do decreto estadual com medidas restritivas. À imprensa, na tarde de terça-feira (16), o gestor disse que, caso o cenário se agrave, poderá tomar medidas mais rígidas.

 

A fala de Mendes foi dada como resposta após o chefe do Executivo estadual ter sido questionado a respeito da prorrogação do decreto estadual que determina toque de recolher e restrição do horário de funcionamento de comércios em todo o estado.

Ao falar sobre o tema, o governador apontou que, mesmo o decreto tendo sido cumprido por 15 dias e renovado, os resultados não aparecem de imediato. Mendes citou estresse no sistema de saúde e pediu para que as pessoas contribuam mais, respeitando as medidas impostas.

 

"O decreto foi prorrogado hoje nas mesmas bases em que o editamos há 15 dias. Nós não temos até o presente momento nenhuma mudança no cenário epidemiológico positivamente para que possamos diminuir aquilo que estabelecemos há 15 dias", disse.

 

"Temos pessoas nas filas de UTIs. Temos grande número de contaminações. Não foi possível ainda perceber uma redução sensível e ela não ocorre nos primeiros dias. Nós precisamos que as pessoas colaborem mais, contribuam mais para que daqui 15 ou 17 dias, no dia 4 de abril, tenhamos condições de refluir", acrescentou.

 

Com a prorrogação do decreto, o governador irá reavaliar o curso da pandemia no estado. Em caso de agravamento da doença, medidas mais severas deverão ser adotadas.

 

"Mas neste período se tivermos um agravamento poderemos sentar e rever ou positivamente ou mais restrições poderão ser dadas se houver uma piora no cenário da saúde em Mato Grosso", finalizou.


Curta Nossa Página no Facebook:





Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Sem melhora na pandemia após decreto, Mauro não descarta medidas mais duras

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM SEUS AMIGOS




Mato Grosso em Destaque | Portal de Notícias de Mato Grosso - Todos os direitos reservados.

Facebook Mato Grosso em Destaque    Instagram Mato Grosso em Destaque    Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque    WhatsApp Mato Grosso em Destaque

E-Mail: reportagem@matogrossoemdestaque.com.br


Política de Privacidade | Termos de Uso