Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 00:46:51    Oferecimento Mato Grosso em Destaque
Facebook Mato Grosso em Destaque Instagram Mato Grosso em Destaque Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque WhatsApp Mato Grosso em Destaque
Mato Grosso em Destaque


Data: 07/03/2021 - 15:45 - Por: Mato Grosso em Destaque

Dom Aquino Correa


Francisco de Aquino Corrêa, nasceu em 02/04/1885, na chácara Bela Vista (às margens do rio Cuiabá) e faleceu em São Paulo em 22/03/1956. Arcebispo de Cuiabá e Governador do Estado de Mato Grosso. Poeta, orador, escritor, foi o primeiro mato-grossense a pertencer à Academia Brasileira de Letras, destacando-se como um dos principais incentivadores à fundação da Academia Mato-grossense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso.

Iniciou os seus estudos no Colégio São Sebastião, tendo também estudado no Seminário da Conceição e no Liceu Salesiano São Gonçalo.

Ingressou no Noviciado dos Salesianos de Dom Bosco em Cuiabá (1902), sendo ordenado sacerdote em 1903. Seguindo para Roma (1904), matriculou-se na Universidade Gregoriana e na Academia São Tomás de Aquino, onde se doutorou em Teologia (1908). Em 17/01/1909, foi ordenado presbítero e, voltando ao Brasil, foi nomeado diretor do Liceu Salesiano de Cuiabá, cargo que desempenhou até 1914, quando foi designado pelo Papa Pio X como titular do Bispado de Prusíade e Auxiliar do Arcebispo da Diocese de Cuiabá, cargo no qual foi investido em 01/01/1915, aos 29 anos, tornando-se, à época, o mais jovem bispo do mundo. Com o falecimento do Arcebispo Dom Carlos Luís de Amour, foi elevado ao Arcebispado de Cuiabá (1921).

Após a indicação do Presidente Venceslau Brás como elemento conciliador, foi eleito Governador de Mato Grosso para o período 1918/1922, sendo o único membro da igreja Católica a ocupar esse cargo. Seu governo notabilizou-se pelo elevado sentimento patriótico e amparo à cultura regional, tomando a iniciativa de fundar a Academia Mato-grossense de Letras e o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso.

Suas obras completas, no ano de 1985, foram reunidas e editadas pelo Senado Federal, destacando-se: Odes, poesia, 2 vols. (1917); Terra natal, poesia (1920); A flor d"aleluia, poesia (1926) ; Discursos, oratória (1927); O Brasil novo, discurso (1932); Castro Alves e os moços, discurso (1933) ; Oração aos soldados, discurso (1937); O Padre Antônio Vieira, discurso (desconhecida) ; Nova et vetera, poesia (1947). Figura de destaque do meio cultural, Dom Aquino é considerado o maior orador mato-grossense de todos os tempos.


Curta Nossa Página no Facebook:





Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Dom Aquino Correa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM SEUS AMIGOS




Mato Grosso em Destaque | Portal de Notícias de Mato Grosso - Todos os direitos reservados.

Facebook Mato Grosso em Destaque    Instagram Mato Grosso em Destaque    Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque    WhatsApp Mato Grosso em Destaque

E-Mail: reportagem@matogrossoemdestaque.com.br


Política de Privacidade | Termos de Uso